RÁDIO COMPANHEIRA FM

Igarapé-Açu - Pará -

domingo, 13 de janeiro de 2013

IGARAPEAÇUENSES DEMONSTRAM FÉ E DEVOÇÃO A SÃO SEBASTIÃO



J. Filho
Nessa sexta-feira, 11 de janeiro, o povo igarapeaçuense começou a demonstrar sua fé e devoção a São Sebastião, Padroeiro maior do município. Mais uma vez a comunidade católica local mostrar porque esse evento cresce religiosamente a cada ano.
Dias antes, no local de retirada do madeiro, os Amigos do Mastro, grupo que organiza a caminhada, proporcionam o acesso ao local para que possa comportar a população e toda estrutura da organização do evento. O evento tem seu início pela parte da manhã com a derrubada do madeiro. Na área onde e retirado o madeiro é feito o plantio de  mudas de espécies frutíferas e florestais para que haja o reflorestamento, além de mostrar aos presentes, a importância de se preservar o meio ambiente e fazer uso sustentável do mesmo. Durante esse período, há distribuição de lanche pelos voluntários e animação musical por grupos de carimbo dos municípios vizinhos.
À tarde, no local estabelecido para a saída da caminhada, o madeiro é totalmente descascado e enfeitado com frutos, palhas e folhas de frutíferas regionais. Às 15 horas se deu o inicio da caminhada onde os devotos carregaram  nos ombros o mastro pelas principais ruas acompanhados pela multidão que a cada ano comprova a grandiosidade do evento.
Durante o percurso, acontecem várias manifestações com faixas e cartazes além de queima de fogos saudando o Glorioso São Sebastião. Ao chegar ao largo, local onde é erguido o mastro, algumas pessoas fazem preces e pedidos pelas bênçãos alcançadas no ano anterior e renovando os pedidos para o ano corrente, principalmente relacionados a colheita farta da agricultura local , além daqueles sobre saúde e emprego. Antes do ápice da manifestação, que é o erguimento do mastro, o pároco local benze o mesmo e os fiéis que ali se encontravam.
Todas as atividades relacionadas aos festejos têm todo um aparato para que ocorra dentro das normalidades. Dando suporte, temos o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar, ambulâncias da secretaria de saúde local, além de vários voluntários que direta e indiretamente contribuem para o êxito do evento.
O término será no dia 20 de janeiro, dia de São Sebastião. Durante esse período haverá novenas durante a noite; o parque com seus brinquedos fará a alegria das crianças e adolescentes; além de venda de comidas típicas e o tradicional leilão que animam os frequentadores da barraca do "Santo".



Fiéis celebram São Sebastião até dia 20



Cerca de cinco mil devotos participaram na tarde de ontem(11), em Igarapé – Açu, nordeste do Estado, da tradicional caminhada de São Sebastião. Os fiéis carregaram nos ombros um tronco de árvore pesando mais de duas toneladas. Rezando Pai Nosso e uma Ave Maria, os devotos deram início, no bairro do Botafogo, a mais uma procissão de amor e devoção ao padroeiro da cidade.
A 119ª festa de São Sebastião começou alguns dias antes, quando um buraco com pouco mais de dois metros e meio foi cavado na praça da cidade para receber um tronco de árvore que é retirado da mata. O mastro, da espécie guaruba-cedro, pesa mais de dois mil quilos e é carregado nos ombros, por centenas de devotos que esperam receber graças através do santo. “Nós carregamos esse tronco em homenagem ao Menino Jesus. Através de São Sebastião esperamos alcançar nossas graças. Estou agradecendo pela saúde  da minha família”, disse o devoto William Santos.
O mastro é enfeitado com folhagens e frutas regionais, uma forma de agradecer a produção anual. “As frutas representam a fartura de alimentos que virão nesse inverno, os agricultores vão plantar e a safra vai ser especial, graças à intercessão do nosso padroeiro”, disse o presidente da Associação do Mastro de S. Sebastião, Jota Leitão.
Durante o trajeto, os fiéis demonstraram muita perseverança. Eles, impressionantemente, levantaram por várias vezes o tronco. Homens e mulheres faziam força para carregar o mastro e chegar bem no final. “Apesar das dores e das marcas nos ombros vamos conduzir até o fim. O mastro de São Sebastião vai chegar ao seu destino”, disse exausto, Felipe Oliveira.
Durante o percurso de dois quilômetros e setecentos metros, muitas famílias prestam homenagens ao padroeiro da cidade. “Todos os anos enfeito minha casa para a passagem do santo. Meus filhos fazem questão de ajudar a carregar o mastro, me orgulho muito disso”, enfatizou a dona de casa, Francisca Lourenço. Devotos de outros municípios também participaram da festa. “É impressionante a força que eles fazem para carregar esse tronco. Acompanho praticamente todas as procissões da igreja (católica) e essa realmente marca pela fé”, disse o empresário Antônio Fialho.
Depois de quase duas horas de caminhada, os devotos chegaram à Praça de São Sebastião, onde o mastro foi erguido e celebrada uma missa campal. A igreja comemora durante toda semana a festividade do padroeiro de Igarapé – Açu.

Fonte: Diário do Pará